sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Artigo do jornal Expresso Ilustrado - 13 de dezembro de 2013 - Continho aDeus

Continho aDeus


Certa feita, um grupo de cientistas brasileiros decidiu realizar uma experiência não autorizada. Colocaram um bebê dentro de um grande cercado de espelhos intransponíveis, no meio da selva amazônica. O círculo, onde a criança estava, era imenso. Dizem que passava de centenas de hectares. Nessa prisão natural, não existiam humanos e nenhum animal que o ameaçasse. Tudo foi cuidadosamente planejado: não ficaram cobras, felinos, nem outros animais predadores.  Ao contrário, naquele local existiam riachos, árvores frutíferas, animais pequenos e mansos. A comida também não era problema: a equipe de cientistas tratava de ‘deixar’ alimentos ao alcance dos olhos do investigado, sem que ele os percebesse. O objeto da pesquisa, diziam os especialistas, era verificar se aquela criança iria se comportar como lobo (mesmo sem ter lobos no local), ou como macaco (mesmo sem macacos). Qual seria o comportamento, sem possuir alguns animais para copiar, nem mesmo outro humano? Ao final de 15 anos, quando o jovem abordou a adolescência e a verba acabou, os cientistas chegaram a respostas inconclusivas: o garoto tinha comportamentos de humano, de lobo e de macaco. É fato que parecia mais um macaco, apesar de ter um porrete nas mãos. A violência corria pelo seu sangue ancestral. Contudo, um fato intrigou os pesquisadores: todos os dias, o jovem se ajoelhava, adorava o sol e a lua. Uma das ponderações que foi levantada, por um doutorando – o conceito de Deus pode até não ser inato ao homem, ou seja, pode até não nascer com ele. Contudo, a convicção de finitude e de que há algo a mais, maior, faz parte de nossos poucos genes “não macacais”. Como dizia o sábio Fernando Pessoa “Haja ou não deuses, deles somos servos”.

Um comentário:

  1. Olá Giovani! A prova de que ELE existe está na existência e na beleza da Natureza. Lindo post. Ótima escolha. Parabéns!

    Passando para te cumprimentar e, especialmente, para te desejar um excelente Natal e um magnífico 2014, repleto de muito amor, paz, saúde, felicidades e realizações, extensivo a todos os teus familiares.

    Abraços e fiques com Deus.

    Furtado.

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...