quarta-feira, 24 de junho de 2015

Academia Santiaguense de Letras, parte II

A minha iniciativa de escrever sobre uma Academia Santiaguense de Letras surgiu, também, do conhecimento do ESTATUTO da Academia Santa-Mariense de Letras, entidade que já respeito e estou muito feliz de participar.
***
Coloco o extrato do ESTATUTO da Academia Santa-Mariense de Letras:

[...]
SEÇÃO II
                                       DA INVESTIDURA ACADÊMICA

Art. 6°- São requisitos indispensáveis ao ingresso no Quadro de Membros Efetivos da Academia:
I- haver publicado obra de valor reconhecido pela Academia Santa-Mariense de Letras;
II- ser santa-mariense, domiciliado no município, ou ser residente em Santa Maria há, no mínimo, cinco anos.
III- ser detentor de inequívoca idoneidade moral e profissional;
IV- assumir compromisso de estrita observância às normas estatutárias, em especial no atinente à assiduidade às reuniões ordinárias e de assembléia geral, e ao adimplemento das obrigações financeiras.

***
Recentemente, o estatuto da Academia de Santa Maria sofreu modificações, passando o "não santa-mariense" a ter que residir há três anos, pelo menos.
***
Sugiro que uma Academia Santiaguense de Letras não deva desconsiderar os que nasceram em outros berços (desde que brasileiros) e que residam "em Santiago  há, no mínimo, três anos".
Se bem que esse prazo e tudo mais é variável, de acordo com o pensamento dos fundadores e da Assembleia Geral de fundação.
***
O Estatuto da Academia Santa-Mariense de Letras é um belo estatuto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...